terça-feira, 18 de outubro de 2016

REAL GOTHIC 6 X 11 ESPERANTO FA

Vampire Beach Babes!

No dia 08/10/2016, os morcegos pegaram a estrada, desceram a serra e foram para Ilhabela, no litoral de São Paulo. O convite partiu do Esperanto FA, time de futebol formado por praticantes do idioma. Em Ilhabela aconteceria o 10º Congresso Estadual de Esperanto e o jogo Real Gothic x Esperanto seria o encerramento das programações do sábado.

 

Para saber mais sobre o Esperanto, acesse:

Ilhabela.

Após uma longa viagem e uma exaustiva espera pela balsa, chegamos ao paraíso perdido no início da tarde. Com os horários apertados, passamos rapidamente pelo Congresso e já nos encaminhamos para a quadra - A Ilhabela Beach Park. Para nossa surpresa, a quadra era descoberta. Um sol terrivelmente forte seria mais um obstáculo a ser superado.

O time dos Esperantistas era fortíssimo, inclusive com atletas que fazem parte da seleção internacional de adeptos do idioma. Já o Real Gothic vinha com alguns desfalques, mas não menos determinado. Para essa partida, o goleiro dos morcegos foi Warley - mentor do projeto Alone in the Dark  - que está fazendo uma temporada de testes na equipe.


Ilhabela Beach Park Arena.


Começamos bem a peleja e, já nos primeiros minutos, Kelvyn Esqueleto chutou cruzado e abriu o marcador: 1 x 0. Mas o Esperanto não demorou para reagir e rapidamente empatou a partida: 1 x 1. A essa altura, nossos adversários já estavam controlando o jogo, contudo, Esqueleto marcou novamente, colocando os morcegos na frente outra vez: 2 x 1. Entretanto, logo na saída de bola, a habilidosa agremiação verde e branco mostrou seu poder e igualou: 2 x 2.

Jogo Embolado!

Com esforço, conseguíamos manter a partida disputada, mas qualquer vacilo contra um time preparado como o Esperanto poderia ser fatal. E com o tempo, começamos a cometer erros básicos de marcação e ingenuas falhas individuais. Assim, nossos adversários confirmaram sua superioridade e, com extrema facilidade, dilataram o marcador: 5 x 2. Um passeio! Em uma rara oportunidade, Freon ainda deu alguma esperança para os morcegos: 5 x 3.


Mas a diferença técnica das equipes era evidente.
O primeiro tempo terminou com confortável vitória do Esperanto: 8 x 3.

Sem Saída.

Com o resultado definido, o time voltou para o segundo tempo um pouco mais relaxado e muito menos nervoso, reconhecendo suas limitações. Era preciso jogar com calma e tranquilidade. O sol poente sangrando no oceano límpido e o clima mais fresco também serviram de inspiração e a equipe melhorou consideravelmente. Nesse ritmo, após passe de Tucho, Freon guardou mais um: 8 x 4. Depois, após dividida com o zagueiro, Carioca estufou o barbante, marcando seu primeiro gol com o manto amaldiçoado: 8 x 5. E teve mais! Freon aproveitou erro na saída de bola e fez seu terceiro tento na partida: 8 x 6. Os morcegos resistiam! E uma dose de animo renascia na alma dos vampiros praianos!

Dusk is like a Dagger - Inspirador!

Perplexos com a reação trevosa, os Esperantistas - que tinham até se permitido fazer substituições - voltaram a forçar o ritmo e logo retomaram o controle do embate. Além disso, a
proveitando-se do cansaço dos morcegos, eles criaram novas e fatais jogadas e fizeram mais três gols, confirmando sua evidente vitória: 11 x 6. Ainda conseguimos bons contra-ataques, mas desperdiçamos as preciosas e escassas oportunidades que tivemos. E foi isso, fim de jogo.


O segundo tempo terminou empatado em 3 x 3 e o placar final em 11 x 6.
Apesar da derrota, uma experiencia marcante para o Real Gothic.




Ficha Técnica
Real Gothic 6 X 11 Esperanto FA
Jogadores: Warley (G), Freon, Taís, Kelvyn Esqueleto, Osmair, Tucho, Carioca, Elen, Bill e Panda.
Gols: Freon (3), Esqueleto (2) e Carioca (1).




Nenhum comentário: